terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Cubanos residentes no Brasil repudiam a mercenária Yoani

A Associação Nacional dos Cubanos Residentes no Brasil (ANCREB) acolhe com satisfação a implementação de novas medidas migratórias, que entraram em vigor em 14 de janeiro, em Cuba. Esta nova legislação é um sinal da vontade política que possuí o governo cubano em estabelecer um estreitamento com a comunidade cubana no exterior.

Beneficiada por essa nova lei está a bloqueira cubana, Yoani Sánchez, que anunciou que viajará para o Brasil, convidada por alguns setores da direita. Nos jornais que lhe constroem uma áurea midiática, podemos ler que a blogueira não faz menção que estas novas medidas são parte do processo de atualização do modelo econômico e social cubano, mas - repetidamente - refere-se as vezes que foram negadas as autorizações e a sua falta de apoio à Revolução (ao qual apoiam quase 90% do povo cubano, como demonstrou as estatísticas da última eleição Parlamentar).

O convite à Yoani para visitar o Brasil, na próxima semana, é outra provocação dos setores da direita brasileira aos cubanos residentes no país e ao movimento de solidariedade com Cuba, desta nação irmã. Seus objetivos são declarados, desacreditar o governo e a Revolução Cubana com seus falsos e desgastados argumentos de que em Cuba os direitos humanos são violados. Yoani deveria refletir que, graças ao direito da educação, que existe em Cuba, ela é uma profissional e que sua carreira não lhe custou um centavo.

Yoani é um exemplo de novos métodos de subversão que o governo dos EUA utiliza para desacreditar o processo e o governo Revolucionário cubano. É uma mostra evidente de como - através de setores da direita do mundo - organizam eventos, fazem-lhe convites e lhe dão prêmios para pagar os seus serviços e dar-lhe legitimidade internacional.

Os cubanos residentes no Brasil, com toda a legitimidade moral que temos para respaldar e defender nosso país, repudiamos estas provocações contra Cuba e os cubanos que vivem no país. Nós dizemos para Yoani que para se sentir diplomata de seu povo, deveria expor a realidade de Cuba, sua realizações, suas verdades, fazer eco ao grande reconhecimento internacional que Cuba tem por seus projetos sociais, por sua cooperação internacional e por sua indomável resistência a tantos anos de bloqueio econômico, comercial e midiático.

O ANCREB apoia plenamente as novas medidas migratórias adotadas pelo governo cubano e os importantes esforços realizados por ambos os governos para fortalecer as relações bilaterais entre Cuba e Brasil.

3 comentários:

  1. El enlace para la ANCREB-JM está errado. Lo correcto es http://ancreb-jm.blogspot.com.br/

    Y muchas gracias por divulgar el comunicado de los cubanos con vergüenza que vivimos en Brasil. Pepe

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado Pepe, já corrigi.
    saudações. Robson

    ResponderExcluir