segunda-feira, 18 de novembro de 2019

Vamos pra Cuba: Brigada do Dia do Trabalhador com inscrições abertas até 15 de abril

Trabalhadores cubanos na Praça da Revolução em Havana | Foto: Granma
Por Sturt Silva

Que ir ao único país socialista das Américas e conhecer a realidade de seu povo? Então o momento pode ser agora. 

Trata-se da Brigada Internacional 1º de Maio de trabalho voluntário e solidariedade com Cuba, onde pessoas de vários países vão a Cuba com objetivo de conhecer melhor a realidade do povo cubano. Os brigadistas participarão do desfile de 1º de maio na Praça da Revolução, em Havana, com centenas de milhares de trabalhadores cubanos. 

A brigada que chegará a sua XV edição em 2020, será realizada entre os dias 27 de abril e 10 de maio em 3 províncias cubanas: Havana, Artemisa e Pinar del Río. Os participantes hospedarão no Acampamento Internacional “Julio Antonio Mella”/CIJAM (10 noites), localizado no Município de Caimito - a 40 km da cidade de Havana -, e em um hotel (3 noites) da província de Pinar del Río.

Durante os 13 dias na ilha, os brigadistas realizarão jornadas de trabalho voluntário, visitarão lugares de interesse social e histórico, receberão conferências sobre temas da atualidade e terão contato com representantes de organizações sociais, políticas e sindicais.

O custo será de 402,00 CUCs (aproximadamente 462,00 dólares, já que a cotação do dólar em Cuba é fixa. Hoje em reais daria mais ou menos R$ 2.024,00), que incluem alojamento no CIJAM, em locais específicos nas províncias onde haverá atividades, alimentação e transporte dentro de Cuba. Esse valor não cobre a passagem de avião a Cuba (ida e volta). 

É mais vantajoso levar euros para Cuba. O dólar apesar do câmbio fixo é super taxado (diz que 1 dólar vale 1 CUC, porém acaba valendo 0,87 CUC). Já o euro, não. Hoje 364,00 euros valeria os 402,00 CUCs (câmbio é variável). Porém a cotação do euro no Brasil está muito acima do dólar. Ai vai depender se você tem euros ou dólares em casa, em qual cidade comprar ou em que época comprar.

Veja como a Brigada de 2019
Noites adicionais (15 CUC), assim como atividades fora do programa oficial, serão cobradas por fora pelo CIJAM. O brigadista se compromete a cumprir com o programa indicado e a observar adequadamente as normas de conduta, disciplina e convivência social. 

Além de passaporte válido, visto (que é uma tarjeta que você pode comprar no Consulado de Cuba em SP), comprovante de vacinação da febre amarela, emitido pela ANVISA, também é necessário ter seguro médico com cobertura em Cuba. 

A crescente participação na brigada, de um número cada vez maior de amigos e amigas procedentes do mundo todo, denota não apenas a motivação para conhecer Cuba, mas como a solidariedade com a Ilha se estende por todo o universo, estimulada pelo compromisso que desperta a Revolução Cubana em sua luta contra o bloqueio imposto pelo imperialismo estadunidense e pelo nosso direito a existir como Nação independente e soberana.

As inscrições estarão abertas até 15 de abril de 2020. 

O coordenador da brigada no Brasil é Atanácio de São Paulo.

Para se inscrever e maiores informações, entre em contato:
e-mail: atanaciodlsr@gmail.com

O movimento brasileiro de solidariedade a Cuba ajuda no processo de seleção e organização da brigadas. Se você estiver interessado em participar pode procurar os movimentos de solidariedade a Cuba na sua cidade ou estado. Alguns deles: 

🔽São Paulo: Movimento Paulista, Associação Cultural/Santos, Coletivo Campinas e Consulado;
🔽Rio de Janeiro: Associação Cultural José Martí e Comitê de solidariedade a Cuba;
🔽Distrito Federal: Nescuba, Comitê de Brasília e Embaixada de Cuba;
🔽Bahia: Associação Cultural José Martí e Consulado;
🔽Rio Grande do Norte: Casa da Amizade Brasil- Cuba;
🔽Rio Grande do Sul: Associação Cultural José Martí;
🔽Santa Catarina: Associação Cultural José Martí;
🔽Paraná: Cebrapaz-PR e Associação de Cubanos;
🔽Minas Gerais: Associação Cultural José Martí e Movimento Capixaba:
🔽Espírito Santo: Associação Cultural José Martí;
🔽Goiás: Associação Cultural José Martí;
🔽Ceará: Casa da Amizade Brasil-Cuba;
🔽Piauí: Associação Cultural José Martí.
Brasileiros durante a Brigada 1º de Maio - edição 2019 | Fotos: Silvia FernandezAnny Figueiredo e TeleSUR

Programação da XV Brigada Internacional 1º de Maio

                                            De 27 de abril a 10 de maio de 2020

Domingo, 26 de abril

-  Chegada das delegações de brigadistas;
17:00 h: Saída do ICAP para o CIJAM.

Segunda-feira, 27 de abril

06:45: De pé;
07:00: Café da manhã;
10:00: Oferenda floral diante do Monumento de Julio Antonio Mella;
10:30: Atividade oficial de boas-vindas da brigada: 60 anos do ICAP;
11:30:  Reunião de informação e orientação;
12:00: Almoço;
15:00: Palestra - Atualização do modelo cubano: avanços e perspectivas;
17:30: Reunião de coordenação com líderes dos países;
19:00: Noite cubana.

Terça-feira, 28 de abril

05:45: De pé;
06:45: Café da manhã;
07:00: Trabalhos agrícolas;
12:00: Almoço;
14.30: Conferência:
- Relações Cuba/EUA;
- Impacto do bloqueio a Cuba e ativação do título III da Lei Helms-Burton;
17:30: Reunião do comitê coordenador;
18:30: Jantar;
20:30: Aulas de dança, projeção de filme cubano.

Quarta-feira, 29 de abril

05:45: De pé;
06:15: Café da manhã;
07:00: Trabalhos agrícolas;
11:30: Almoço;
14:30: Palestra: Participação cidadã e direitos humanos em Cuba;
16:30: Reunião por regiões;
18:00: Jantar;
20:00: Atividade cultural.

Quinta-feira, 30 de abril

05:45: De pé;
06:15: Café da manhã;
07:00: Trabalhos agrícolas;
12:30: Almoço;
14:30: Reunião com companheiros do Centro de Estudos Che Guevara;
17:00: Reunião dos brigadistas;
18:00: Jantar.

Sexta-feira, 01 de maio

03:00: Café da manhã;
04:00: Saída para a Praça da Revolução;
07:00: Desfile do Primeiro de Maio;
10: 30: Lanche na Casa da Amizade;
17:00: Regresso;
18:00: Jantar.

Sábado, 02 de maio

06:00: Café da manhã;
08:30: Saída para o Palácio das Convenções | Encontro Internacional de Solidariedade;
17:30: Museu da Revolução/Casa da Amizade;
19:00: Jantar e atividade cultural na Casa da Amizade.

Domingo, 03 de maio

06:00: Café da manhã;
07:00 h: Saída para Pinar del Río;
10:30: Encontro com autoridades locais e homenagens;
12:30: Almoço no Museu da Pré-História;
14:00: Visitação a lugares turísticos:
19:00: Hospedagem e jantar em hotel de Pinar del Río.

Segunda-feira, 04 de maio

07:00: Café da manhã;
08:00: Trabalho voluntário;
12:00: Hotel;
15:00: Visitação a Centros de Saúde:
18:30: Jantar no Hotel;
20:30: Noite dedicada ao ICAP. Reunião com a população e representantes de organizações locais.
23:00: Volta ao Hotel.

Terça-feira, 05 de maio

07:00: Café da manhã;
08:00: Turismo cultural em Pinar del Río;
12:00: Hotel;
14:30: Turismo educacional em Pinar del Río;
16:30: Hotel;
19:00: Jantar e descanso.

Quarta-feira, 06 de maio

07:00: Regresso ao CIJAM;
07:30: Café da manhã;
09:00: Homenagem a Che Guevara e visita a empresas cubanas:
12:00: Almoço;
14: 00: Regresso ao CIJAM;
18:30: Jantar.

Quinta-feira, 07 de maio

05:45: De pé;
06:15: Café da manhã;
07:00: Painel de solidariedade a Cuba;
11:30: Almoço;
14:00: Saída para Havana (visita ao Museu da Revolução, Memorial José Martí e Museu de Belas Artes);
18:00: Volta ao CIJAM;
19:00: Jantar.

Sexta-feira, 08 de maio

07:00: Café da manhã;
10:00: Encontro de Solidariedade;
12:30: Almoço e tarde livre;
18:30: Jantar;
20:00: Noite internacional.

Sábado, 09 de maio

07:00: Café da manhã;
08:30: Saída para Havana Velha (almoço por contra própria);
19:00: Saída para o CIJAM;
20:30: Jantar.

Domingo, 10 de maio

- Regressos dos brigadistas aos seus países.

                   -----------------------------------------------------------------------------------

Pode te interessar:

Um comentário: