segunda-feira, 18 de junho de 2012

Cidade natal homenageia a heroína cubana Vilma Espín

Fonte: VERMELHO

Santiago de Cuba, 18 jun (PL) O legado da heroína cubana Vilma Espín Guillois foi exaltado nesta segunda-feira (18) em Santiago de Cuba, como revolucionária desde os tempos de estudante.

O movimento de homenagem se estendeu a todo o país, com ações inclusive comemorativas, entre as quais se sobressaíram as conferências nas universidades do Oriente, eventos nos quais os participantes tiveram a oportunidade de conhecer várias facetas da vida de Vilma, símbolo do empenho pela dignificação das mulheres e defensora dos direitos da família.

O memorial que leva seu nome, nesta cidade do oriente cubano, foi montado na casa onde a líder viveu a infância e reuniu participantes mulheres que trabalharam com Vilma na luta revolucionária.

A homenagem terminou com uma peregrinação popular e uma coroa de flores oferecida pelas autoridades do país e depositada no mausoléu da Segunda Frente Oriental Frank País, onde repousam restos de combatentes revolucionários, entre eles os de Vilma Espín a qual é recordada com admiração especial.


Simpósios, conferências e caminhadas a locais históricos em atos de solidariedade aos cinco cubanos patriotas injustamente presos nos Estados Unidos completaram as solenidades para honrar Vilma Espín.

Na Segunda Frente, fundada pelo comandante Raúl Castro em março de 1958, a jovem revolucionário demonstrou seus talentos na organização e na guerrilha, o que a converteu em heroína da pátria.

Fonte: Prensa Latina

Um comentário:

  1. Cuba tem muita qualidade, ate mesmo em suas heroínas! rs

    ResponderExcluir