segunda-feira, 25 de março de 2013

Gaúcho Jornalismo B traz Especial sobre Cuba

Edição quinzenal do jornal gaúcho, que já está circulando em todo Brasil, traz textos sobre a Economia cubana, com questões relacionados ao bloqueio e às atualizações do modelo; sobre o papel dos Comitês de Defesa da Revolução; e sobre a União dos Jovens Comunistas; além de entrevistas com o pintor cubano Camilo Villalvilla, e com Elizabeth Palmeiro, esposa de Ramón, um dos 5 Heróis cubanos presos nos EUA.
Editorial: Viva a Revolução!


Esta edição do Jornalismo B Impresso que abre o ano do jornal é mais um resultado de décadas de construção da Revolução Cubana por seus líderes, seus inspiradores e seu povo. Se Fidel Castro uma vez disse que o autor intelectual do Assalto ao Quartel Moncada, ação que inaugurou o processo revolucionário, foi o líder independentista do fim do século XIX José Martí, cabe aqui afirmar que Martí, Fidel, Che, Camilo e Raul são os autores intelectuais desta edição que tens em mãos.

É impossível, em oito páginas, esgotar o tema da Revolução Cubana. Seria impossível mesmo em mil páginas ou em mil edições. Procuramos selecionar temas essenciais e que não costumam ser devidamente tratados nem nos espaços da esquerda. Por isso a escolha de um texto sobre as atualizações econômicas – indissociáveis do bloqueio estadunidense –; a escolha de um texto sobre a União dos Jovens Comunistas, segunda mais importante organização de massa de Cuba; e a opção por uma entrevista com a esposa de um dos Cinco Heróis cubanos presos há 15 anos nos EUA. Também trazemos uma pauta de Cultura, com a entrevista com o pintor Camilo Villalvilla Soto, e um texto sobre a participação popular na política cubana. Acabaram ficando de fora temas importantes, o que seria inevitável. Fica para a próxima.

A Revolução Cubana talvez seja o mais rico, diverso e consistente processo revolucionário popular que já tivemos no mundo. E está logo aqui, pertinho, ao mesmo tempo em que os dominantes do mundo nos tentam afastar de seu exemplo. Este jornal é uma colaboração com quem, ao contrário, quer aproximar nossas lutas.

*Esta edição do Jornalismo B Impresso sai com uma tarja em sua capa como forma de lembrança ao legado do presidente venezuelano Hugo Chávez. Os homens morrem, suas ideias permanecem. A Chávez e ao povo da Venezuela estão dedicadas estas páginas.

O texto acima é o editorial da 51ª edição do Jornalismo B Impresso, ESPECIAL CUBA. O jornal já está sendo distribuído em Porto Alegre, e pode ser assinado em qualquer lugar do Brasil.


Nesta edição, ESPECIAL CUBA, trazemos textos sobre a Economia cubana, com questões relacionados ao bloqueio e às atualizações do modelo; sobre o papel dos Comitês de Defesa da Revolução; e sobre a União dos Jovens Comunistas; além de entrevistas com o pintor cubano Camilo Villalvilla, e com Elizabeth Palmeiro, esposa de Ramón, um dos 5 Heróis cubanos presos nos EUA.



São três as possibilidades de assinatura: 6 edições – R$ 40; 12 edições – R$ 60; 20 edições – R$ 100. As edições são quinzenais. Para assinar, basta entrar em contato pelo email bjornalismob@gmail.com.


Nenhum comentário:

Postar um comentário