sábado, 23 de junho de 2012

Construção da empresa mista venezuelana-cubana Cacau da ALBA


A construção da empresa mista venezuelana-cubana Cacau da ALBA para o processamento de grãos e elaborar chocolate, localizada em Carúpano, estado de Sucre, encontra-se em 45 por cento. Será a maior planta chocolateira do país com grandes módulos, um para elaborar massa, manteca, licor, barras de chocolate, e cacau em pó; outro, para processar o grão, assinalou o presidente da entidade, Edgar Rivas.

Estão chegando a porto venezuelano as estruturas, os painéis e tetos. Quanto à máquinaria, em sua maioria está construída, as estruturas metálicas também e só falta a montagem. A primeira área de trabalho estará em funcionamento no próximo setembro e a segunda em junho do 2013.

A informação acrescenta que as matérias primas para elaborar os produtos serão trazidas dos estados de Miranda, Sucre e Aragua e num princípio, a fábrica precisará cerca de 4,000 toneladas de grãos de cacau ao ano.

“A execução da planta dependerá diretamente do cultivo que se faça nos campos do país. Por esta razão, paralelo à construção da planta estamos trabalhando em aumentar a superfície de colheita de cacau”, ressaltou um  funcionario.

Nenhum comentário:

Postar um comentário