sábado, 3 de setembro de 2011

Doam para museu cubano anuário de graduação de Fidel Castro

Havana, 31 ago (Prensa Latina) Um museu da região central cubana recebeu uma cópia do anuário da escola na que o líder da Revolução, Fidel Castro, se formou no ensino médio em 1945, destacou hoje a imprensa.

O anuário entregado ao Arquivo Provincial de Ciego de Ávila traz uma fotografia de Fidel Castro na galeria de graduados e o famoso artigo em que predizem seu sucesso nos estudos de direito e na vida.

"Tem sabido ganhar-se a admiração de todos. Estudará Direito e não duvidamos que encherá com páginas brilhantes o livro de sua vida. Fidel Castro tem madeira e não faltará o artista", disse a página dedicada ao revolucionário.

A doação de Julio Betancourt, um combatente revolucionário na província, incluiu uma bandeira do Movimento 26 de Julio, a organização que liderou a luta contra o governo de Fulgencio Batista (1952-1959), chegado ao poder mediante um golpe de estado.

De acordo com o jornal Juventud Rebelde, a doação permite ao Arquivo contar com um documento de alto valor patrimonial sobre o ensino privado da época, especialmente em o Colégio de Belém, onde Fidel Castro estudo o ensino médio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário