quinta-feira, 26 de julho de 2012

Viva o 26 de Julho (Guantânamo sede de ato por Dia da Rebeldia Nacional em Cuba)




Havana, Cuba - 25 de julho

O ato central pelo Dia da Rebeldia Nacional se realizará amanhã na oriental cidade de Guantânamo para lembrar o início da última etapa da Revolução cubana, desencadeando no triunfo em janeiro de 1959.

A cerimônia se iniciará às 07:00 hora local (11:00 GMT) com a participação de milhares de guantanameros, em representação dos habitantes do território e do país, anunciou o jornal Granma.

Durante a jornada se prestará homenagem aos participantes das ações militares de 26 de julho de 1953 contra o governo de Fulgencio Batista (1952-1959), responsável pela morte de uns 20 mil cubanos. Os atos serão transmitidos ao vivo pelo rádio e pela televisão, de acordo com a própria fonte.

A publicação explicou que está sendo preparada a praça da Revolução Mariana Grajales, lugar onde se realizará a concentração pela terceira vez nesse território do extremo leste cubano.

Liderados pelo líder da Revolução cubana, Fidel Castro, pouco mais de uma centena de jovens assaltou os quartéis Carlos Manuel de Gramas e o Moncada, o segundo em importância naquela época, com o propósito de derrotar Batista.

Ainda que há 59 anos significou uma derrota militar para os assaltantes, o fato se converteu, na opinião de Fidel Castro e diferentes historiadores, no motor da luta que deveio vitoriosa depois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mais de 500 fotos de Cuba