segunda-feira, 11 de junho de 2012

Morre Teófilo Stevenson, tricampeão olímpico, maior nome do boxe amador e fiel a Revolução de seu povo

O maior nome do boxe amador, tricampeão olímpico morre aos 60 anos, em Havana
Stevenson foi tri olímpico, mas bronze no Pan de 71 - AP
HAVANA - O ex-boxeador cubano Teófilo Stevenson, tricampeão olímpico, morreu nesta segunda-feira, vítima de uma cardiopatia isquêmica, aos 60 anos. Stevenson é considerado, quase por unanimidade, como o melhor boxeador amador da história. Ele conquistou o ouro olímpico nos Jogos de Munique-72, Montreal-76 e Moscou-80. Nos Mundiais da Aiba (Associação Internacional de Boxe Amador), também foi tricampeão.

O homem que aliou mestria atlética, infinita modéstia e fidelidade absoluta à Revolução, ao comandante-em-chefe Fidel Castro e a seu povo deixou de existir”, informou o noticiário da televisão cubana.

Félix Savón, cubano que igualou a façanha olímpica de Stevenson, rendeu suas homenagens. “É uma perda para mim, para o boxe cubano e para o mundo. Era uma grande pessoa. Coração como o de Teófilo não havia nenhum”, afirmou o tricampeão olímpico em 92, 96 e 2000.

Por diversas vezes, empresários norte-americanos tentaram convencê-lo a se profissionalizar e se mudar para os Estados Unidos. Stevenson jamais aceitou as propostas.
Muitas vezes também foi anunciado o combate entre Stevenson e Muhammad Ali, mas divergências políticas e problemas técnicos o inviabilizaram.

Fonte: ESTADÃO

Nenhum comentário:

Postar um comentário

516 FOTOS DE CUBA