sábado, 17 de março de 2012

Cuba não vai se submeter diante da direita estadunidense para participar da Cúpula das Américas

Por Pedro Estacio da Rádio Nacional da Venezuela

Ileana Ros- Lehtinen, da direita republicana nascida em Cuba, está doida da cabeça; agora diz que Cuba não tem direito nenhum de participar da Cúpula das Américas porque não é membro da Organização dos Estados Americanos (OEA) e não cumpre os critérios básicos para fazer parte.

Alguém deve dizer a essa senhora que os cubanos não solicitaram, que quem pede são os seus irmãos latino-americanos.

Em segundo lugar, teríamos que nos perguntar se um dos requisitos básicos para participar de dita cúpula é nos submeter diante de uma direita estadunidense; ou talvez torturar as pessoas como fazem os seus agentes; ou melhor, ter essa capacidade imoral de lançar bombas atômicas e matar cerca de 300 mil pessoas; ou invadir países e vulnerar suas economias.


Se esses forem os requisitos básicos para participar da cúpula, acho que a América Latina inteira não deveria ir e nem unir esforços com os Estados Unidos.

Além do mais, não acreditamos que exista a necessidade de pressionar para que Cuba participe, achamos que basta não ir. Não temos que pressionar.

Que sentido faz pressionar as diversas nações ou a Colômbia para deixar Cuba ir à cúpula? Para que depois a maioria latino-americana se sinta incômoda com esse hóspede alienante, que destrói tudo que toca? Além disso, se os latino-americanos não forem à cúpula, o que Obama vai fazer? Vai nos agredir? Vai jogar uma bomba "sóparamatargente"?

Essa senhora nascida em Cuba está tão drogada de ódio, que se atreve a chamar nossos governantes - eleitos diretamente por seus povos - de tiranos regionais, quando nos Estados Unidos, republicanos e democratas: simples comerciantes, negociantes, controlam as eleições e impedem que os cidadãos estadunidenses votem diretamente pelos governantes. E não só isso, mas que se tornaram brutalmente facilitadores, patrocinadores da violação dos direitos humanos no mundo e vulneram as economias dos países até deixá-las muito endividadas, para benefício dos seus banqueiros e ferramentas de dominação econômica, como o Fundo Monetário Internacional, o Banco Mundial, a Organização Mundial do Comércio e todos os outros mecanismos inventados para se apropriar do mundo.

Tradução é da TeleSUR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

516 FOTOS DE CUBA